Aquilo que é o Amor não é fácil de definir.

E se acordares todos os dias de manhã à espera que o Amor cresça mais um bocadinho e não o veres a acontecer? E se te perguntarem se amas mais agora que amavas no início e tu não souberes responder? Não é fácil não te engasgares, sem resposta a tais questões. E se me perguntares

sim, tu meu amor

se me perguntares assim como quem espera a resposta, uma resposta curta e concisa, se me perguntares

Amas-me muito?

eu não saberei responder correctamente, porque não sei quantificar aquilo que sinto, porque não sei sequer definir aquilo que sinto. Sei diferenciar aquilo que é paixão e aquelas borboletas e aquele frio da barriga, daquilo que tenho agora. Porque não é o mesmo e sei que mesmo que seja fisiologicamente mais calmo, é melhor. Sei que te amo, mas não sei dizer porquê, não sei dizer como, nem sequer o quanto muito ou pouco, o como viemos aqui parar. Não sei definir, não sei escrever, não sei explicar. Aquilo que é o Amor não é fácil de definir.

E se te responder assim com um

Não sei

não te ofendas, não te irrites, não te desiludas. Porque esse

Não sei

significa que te amo e muito. Porque aquilo que é o Amor não é fácil de definir.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Sofia  On Agosto 14, 2010 at 2:56 pm

    Mais bem explicado não poderia ser.
    Absolutamente fantástico.

  • Vera Matias  On Agosto 25, 2010 at 12:20 pm

    Bonito, do princípio ao fim.

  • Pedro José  On Fevereiro 13, 2012 at 12:41 am

    É isto mesmo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: